JAC T5 ESTREIA NO MERCADO BRASILEIRO

JAC T5 ESTREIA NO MERCADO BRASILEIRO

As primeiras unidades começarão a ser vendidas em março
Cinco meses depois, em agosto, será vez do T5 com transmissão automática. A caixa de câmbio será tipo CVT (continuamente variável)
Posicionado abaixo do T6, o novo SUV da JAC Motors com câmbio manual vai custar entre R$ 59,9 mil e R$ 69,9 mil
Exibido pela primeira vez no Salão Internacional do Automóvel, em São Paulo, em 2014, o T5 prima por design e custo/benefício
Kit multimídia com mirror link e tela de 8 polegadas é exclusividade do novo SUV da marca no mercado nacional
Com motor 1.5 16V VVT Jet Flex, que lhe garante o selo de eficiência “A” do Inmetro, o JAC T5 vai se tornar a nova referência do segmento de entrada de SUV´s do Brasil

Depois de sua primeira aparição no Brasil, durante o Salão Internacional do Automóvel, em São Paulo, no final de 2014 e ter rodado cerca de 1 milhão de km em território brasileiro para os devidos testes de durabilidade, o JAC T5 está pronto para começar a ser vendido no mercado brasileiro. Comercializado em versão única de motorização (1.5 16V VVT JetFlex), ele estreia com câmbio manual de 6 marchas – a JAC apresentará a versão automática (caixa CVT) em agosto.
De acordo com o pacote de equipamentos de série, mais os “Pack´s” de opcionais, o SUV chinês tem tudo para se tornar uma nova referência em nosso mercado. Mesmo se for escolhido com o Pack 3, isto é, totalmente completo, ele é ainda mais acessível que seus dois principais adversários.
A proposta de introduzir uma imbatível relação custo/benefício não é exatamente inédita para a JAC Motors, mas parece ganhar contornos efetivamente de destaque neste novo SUV. Completo, bonito, bem equipado e extremamente recheado de equipamentos – alguns deles até indisponíveis como opcionais nos rivais –, o JAC T5 oferecerá ao comprador do “SUV de entrada” a experiência só vivida até então por consumidores de modelos de patamares bem mais elevados de preço. Um ótimo exemplo disso é o kit multimídia, feito pela Foxconn, com mirror link e tela de 8 polegadas. Nenhum outro carro deste segmento possui uma tela tão grande e recursos que aprimoram tanto a experiência da conectividade ao usuário.
“O kit multimídia é o grande destaque do T5. Trata-se do item que mais irá se destacar aos olhos do consumidor. Mas isso não é tudo. Itens como ESP, assistente de partida em rampas, luzes diurnas de LED e uma extensa lista de equipamentos fazem do nosso SUV um opção extremamente atraente ao cliente dessa faixa de preços”, explica Sergio Habib, presidente da JAC Motors.
Design marcante
Segundo SUV da marca no mercado nacional, o T5 exibe um design atual e agressivo, que certamente se distinguirá no segmento ao qual vai disputar, mesclando belas linhas da carroceria à combinação de spoiler preto na parte inferior dos para-choques, incluindo frisos cromados na parte de cima.
Na frente, a grade em formato de trapézio é caracterizada por aletas cromadas espessas, que lhe garantem identidade única. O capô em forma de cunha e o para-choque envolvente, com luzes de neblina, complementam o conjunto. O T5, inclusive por incluir as luzes diurnas de LED, oferece forte personalidade estética. Não é um carro que será confundido com nenhum outro neste segmento.
A lateral mescla linha alta na “cintura” e traços que surgem no capô dianteiro e no para-choque que promovem sensação de fluidez dinâmica e constante movimento. A pequena janela e a coluna C mais larga, bem pronunciada, dão o tom da robustez que convém a um SUV, a exemplo das rodas de liga de 16 polegadas e dos apliques plásticos em linha ascendente nas portas traseiras.
Já a traseira, igualmente sólida na impressão de robustez, caracteriza-se pela tampa mais “bojuda”, grupo ótico com formas orgânicas e vidro traseiro de menor dimensão, formado por uma linha descendente do teto. Com o pequeno aerofólio montado na extremidade do teto, o T5 ganha um ar efetivamente “esportivo” na confluência desses ingredientes visuais. Com proposta de se integrar a um estágio superior de acabamento na percepção do consumidor, ele ganha um pequeno friso cromado sobre o para-choque, assim como nas molduras de saídas de escape na parte mais inferior.
Interior requintado
Na China, o modelo é líder absoluto de seu segmento, com vendas médias de 15 mil unidades/mês. Um dos pontos mais fortemente enaltecidos pelo consumidor chinês é exatamente a beleza da parte interna. O quadro de instrumentos possui dois grandes mostradores hexagonais: velocímetro e contagiros. Neles, a parte central de cada instrumento revela o nível do tanque e o termômetro de água do motor, respectivamente.
Já no meio dos mostradores, o motorista encontra as luzes-espia e o computador de bordo. Chama a atenção, em um olhar mais atento, a riqueza de detalhes no acabamento do T5. Molduras acetinadas envolvem o quadro de instrumentos e as aletas de ventilação, compondo um cenário visivelmente de bom gosto com as superfícies pretas que compõem o restante do painel.
À esquerda do volante de direção, encontra-se o botão de acionamento elétrico de altura do facho dos faróis, o controle dos retrovisores e a tecla de desligamento do ESP (controle eletrônico de estabilidade). Este volante, inclusive, seguindo o padrão de outros modelos da JAC Motors comercializados no mercado brasileiro, é multifuncional: você comanda as funções do rádio e atende ao celular por intermédio de simples toques, sem soltar as mãos do volante.
O sistema de ar-condicionado, por sua vez, posicionado no console central, logo abaixo do kit multimídia, é digital e automático. Sua principal função é definir a temperatura desejada e fixá-la no mostrador. O aparelho variará a velocidade de resfriamento até que a temperatura desejada seja atingida. Logo abaixo, o motorista encontra as tomadas USB e HDMI, que serão utilizadas para espelhamento do telefone celular do kit multimídia.
Kit multimídia com mirror link e tela de 8 pol é único
Como maior destaque, porém, o JAC T5 exibe um aparelho de multimídia com mirror link e tela de 8 polegadas, produzido pela Foxconn, que certamente irá criar outro patamar de conectividade para o consumidor desse segmento de SUV´s. Nada é parecido à quantidade de recursos e funções que o sistema da JAC proporciona ao seu usuário. O sistema incorpora, também, a câmera de ré.
Inédito em carros dessa categoria, o sistema multimídia da Foxconn (opcional), totalmente intuitiva e em português, possui conexão HDMI e Bluetooth, leitor de MP3, entradas USB e SD Card. A novidade fica por conta da função “Link”, que permite conectar, espelhar e operar todas as funções de alguns modelos de smartphones ou tablet através do touchscreen da tela HD de 8 polegadas.
Essa flexibilidade permite utilizar e operar aplicativos como o Waze, verificar e-mails ou acessar o Facebook, e até visualizar o álbum de fotos do seu celular, diretamente do painel do carro. Em virtude de apresentar uma tela tão grande, a novidade é que ela pode ser visualizada por todos os ocupantes do carro.
Nível de equipamentos de SUV´s de porte maior
Com 4,325 metros de comprimento e 2,56 m de distância entre-eixos, o T5 possui porte bem semelhante ao dos principais modelos do país, considerando suas respectivas versões de entrada. Mas o “recheio” do modelo da JAC é bem maior que o dos rivais: independentemente do Pack escolhido, o SUV chinês já é equipado com diversos itens que, às vezes, não são nem opcionais na concorrência.
Observe a lista dos principais equipamentos de série já no Pack 1 (R$ 59.990):
Ar-condicionado digital e automático;
Vidros das quatro portas, trava central e retrovisores com acionamento elétrico
Alarme antifurto;
TPMS (Tyre Pressure Monitoring System), sistema que identifica quando algum dos pneus está com calibragem 20% abaixo da recomendada e acusa no painel;
Banco traseiro com sistema Isofix para fixação de cadeirinhas infantis;
Sensor de estacionamento;
Abertura interna do porta-malas e do tanque de combustível;
Sistema de freios com ABS (antibloqueio), BOS (pedal “inteligente” de freio, que anula a aceleração quando os dois pedais são pressionados simultaneamente. Esse recurso aprimora a segurança do veículo, à medida que previne qualquer tipo de aceleração involuntária, como um objeto que trave o pedal do acelerador pressionado. Ao “perceber” que ambos os pedais estão sendo usados, o sistema anula a aceleração e “entende” que os freios devem prevalecer) e BAS (assistente nas frenagens de pânico)
Computador de bordo com funções de consumo instantâneo e médio, autonomia, velocidade média e cronômetro;
Faróis com regulagem elétrica de altura e acendimento automático (sensor crepuscular);
Banco traseiro bipartido 60/40;
Banco do motorista com ajuste de altura;
Cintos de segurança de três pontos e encostos de cabeça para os cinco ocupantes;
Sistema JetFlex, bicombustível, que dispensa o uso do tanquinho suplementar para partidas a frio.

Quando equipado com o Pack 2 (R$ 64.990), o JAC T5 acresce os seguintes dispositivos além do Pack 1:
Rodas de liga leve aro 16;
Faróis de neblina dianteiros e traseiro;
Rack no teto;
HSA (Hill System Assist), ou Assistente de Partidas em Aclives, recurso que “segura” o carro imobilizado mesmo em subidas para as arrancadas, sem necessidade de uso do freio de estacionamento. Você engrena a primeira marcha e solta o pé do freio: o carro permanece parado por 2 segundos, tempo suficiente para dar início à aceleração;
ESP (Electronic Stability Program), ou Controle Eletrônico de Estabilidade, que age através de sensores em todas as rodas, que vão, em frações de segundo, monitorando constantemente as diferenças de velocidade entre elas. Caso ocorra alguma desaceleração repentina de uma das rodas versus as demais, o sistema “entende” que o carro está iniciando uma derrapagem e passa a frear individualmente as rodas do carro com o objetivo de devolvê-lo à trajetória. O sistema também age na aceleração do veículo, interrompendo-a quando necessário.

Finalmente no Pack 3, onde o JAC T5 passa a custar R$ 69.990, o modelo acumula ainda os seguintes equipamentos, adicionados ao Pack 2:
Bancos revestidos em couro;
Kit multimídia com mirror link e tela de 8 polegadas;
Câmera de ré.

Mesmo nessa configuração topo de gama, o JAC T5 mantém a competitividade diante de seus principais concorrentes. Modelos bem menos equipados e aprimorados do que o SUV chinês, em suas respectivas versões mais vendidas, custam sempre acima de R$ 71 mil. “Estamos muito bem posicionados nesse segmento de entrada dos SUV´s. Essa faixa de preços que ocupamos é preenchida por hatches compactos em suas versões aventureiras, que são modelos bem menores do que o T5”, garante Habib.

Motor JetFlex oferece boas razões de desempenho e consumo

Já utilizado com êxito na família J3 S, bem como no J5, o motor 1.5 16V VVT JetFlex é o responsável pelo desempenho do T5. Possui potência máxima de 125 cv a gasolina e 127 cv com etanol, a 6000 rpm. De torque, são 152 Nm (gasolina) e 154 Nm (etanol), ambos a 4.000 rpm. Apesar do peso acima de 1.200 kg, o T5 faz-se valer do câmbio manual de seis marchas para garantir um desempenho de destaque em sua categoria. Tanto que faz 0 a 100 km/h em menos de 11 segundos e chega a 194 km/h de velocidade máxima.

O foco no desempenho, porém, não prejudica o JAC T5 em relação ao consumo. É aí que tecnologia VVT entra. O Variable Valve Timing, ou Comando Variável de Válvulas, permite a variação no tempo de abertura das válvulas, fazendo com que o motor ofereça torque em baixas e médias rotações, bem como apresente potência nos altos regimes. Além disso, as primeiras marchas e o diferencial têm relações curtas (isso ajuda nas arrancadas), mas as marchas ascendentes oferecem relações longas, onde o motor “gira” pouco e favorece o consumo.

A maior prova disso é o selo “A” de eficiência energética conferido pelo Inmetro. De acordo com os testes do órgão, o T5 está entre os modelos mais econômicos de sua categoria: 6,80 km/l na cidade e 9,63 km/l na estrada (etanol) ou 8,18 km/l e 12,2 km/l (gasolina).

Informações à imprensa:
 
JAC Motors Brasil
Diretoria de Assuntos Corporativos
Eduardo Pincigher – (11) 3839 6248 / 99464-9356
epincigher@jacmotorsbrasil.com.br

Foto: