JAC retorna ao mercado de caminhões leves com o V260

Notícias

R7
16/10/2017
JAC retorna ao mercado de caminhões leves com o V260

Por R$ 69.990, JAC V260 promete robustez e aposta em motor “torcudo” e extensa lista de equipamentos de série, que inclui ar-condicionado grátis

Com o fim do Inovar-Auto, a JAC Motors prepara seu contra-ataque no mercado nacional. A marca chinesa, uma das mais afetadas pelo regime automotivo que se encerra em 2017 e que pune severamente as importadoras, está se reposicionando no mercado e trazendo produtos mais competitivos para seus pontos de vendas no Brasil. O mais novo representante dessa nova fase da empresa é o caminhão leve V260, apresentado nesta quarta-feira (11) em São Paulo, que custa R$ 69.990 e traz até ar-condicionado de série.


Depois de uma breve participação no concorrido segmento dos VUCs (Veículo Urbano de Carga) em 2012/2013, com o V140, a JAC retorna agora com o V260, que aposta em dois diferenciais, que são o motor torcudo e o ar condicionado de série, sem aumento no preço do veículo.


Com o maior torque entre seus principais concorrentes, de 260 Nm a 1.800 rpm, o novo comercial busca oferecer maior agilidade nos deslocamentos, ingrediente fundamental para uma mobilidade mais eficiente e econômica no trânsito urbano.


“Com os constantes engarrafamentos das grandes cidades, a logística de transporte urbano é um ponto crucial na elaboração dos custos e no desenvolvimento dos negócios de pequenos e médios empresários. Sair com o caminhão para efetuar entregas é um dos ingredientes que pode sugerir maior prejuízo – ou economia – ao empresário. E, obviamente, um motor dotado com mais torque vai propiciar um rendimento igualmente aprimorado no tráfego urbano, garantindo agilidade nas acelerações e nas retomadas de velocidade, notadamente quando estiver com carga total”, afirma a marca em seu comunicado oficial à imprensa.


Com o trânsito cada vez mais caótico dos grandes centros urbanos, o estresse de passar o dia todo ao volante aumenta nos dias quentes — a maioria deles em nosso país. Para tornar a vida de seus ocupantes mais fácil, o JAC V260 oferece ar-condicionado de série, sem qualquer acréscimo ao preço de tabela do veículo.


O conforto na operação do V260 é destacado nas palavras do presidente da JAC Motors, Sergio Habib: “quem utiliza um caminhão como esse com carga total, sabe o esforço que o motorista precisa realizar para imprimir um desempenho satisfatório quando dispõe de pouco torque. E o quanto essa lida diária é cansativa e desconfortável sem um ar-condicionado”.


Além do ar-condicionado, a lista de equipamentos de série inclui também freios ABS, alarme, vidros e trava com acionamento elétricos, rádio MP3 com entrada USB, direção hidráulica, coluna de direção regulável na altura, airbag duplo, cintos de segurança com pré-tensionadores, travamento automático das portas a 15 km/h, regulagem de altura do facho dos faróis e porta-copos.


Outro item de série que vale destacar é a exclusiva “JAC Connect Front Camera”, incorporada ao retrovisor central, que grava as imagens à frente do caminhão em um cartão de memória, proporcionando mais uma ferramenta de controle da operação do veículo e até mais segurança em caso de colisões.


ROBUSTEZ E MANUTENÇÃO

Distância entre-eixos de 2,47 metros e PBT de 3.200 kg (1.510 kg de carga útil), o V260 tem características que permitem seu uso em diversos tipos de aplicações urbanas, com destaque para as carrocerias de metal, madeira ou baú.


A JAC destaca também que as longarinas do chassi são reforçadas, com perfil retangular de 100 mm de altura por 50 mm de largura, sendo que a chapa tem espessura de 4,5 mm. Ainda segundo o fabricante, “esse conjunto é superior ao da concorrência, permitindo ao operador maior confiabilidade de uso no longo prazo”. Para reforçar sua aposta na robustez do V260 a JAC Motors oferece garantia total de 3 anos ou 100.000 km.


A marca também destaca o menor custo de manutenção, comparando preços das revisões programadas até os 60.000 km. Ao final desse período, considerando a soma do custo de todas as revisões, o dono do V260 desembolsa R$ 5.240,00, enquanto o do Hyundai HR gasta R$ 7.063,00 e do Kia Bongo K2500 despende R$ 5.487,00.


Os chineses também prometem um pós-venda bastante estruturado, com agilidade no atendimento, facilidade na reparação do veículo e disponibilidade de peças, garantindo até 24 horas para a entrega dos componentes em um raio de 600 km da Grande SP.


Implementos poderão ser adquiridos diretamente na rede de concessionários, fornecidos por empresas aprovadas pela JAC.


PRIMEIRO CONTATO

Autopolis esteve presente no evento de lançamento do JAC V260 e, embora tenha sido por um breve período, foi suficiente para ver que a marca chinesa aplicou a seu VUC a mesma filosofia de aprimoramento constante que vem adotando em seus outros lançamentos recentes.

A cabine é espaçosa e o acabamento é bom, compatível com os principais concorrentes, com a vantagem de que o ar-condicionado é uma importante “carta na manga” no quesito conforto. Em uma inspeção meramente visual foi possível perceber que a marca procura tratar com ênfase a questão da robustez, valendo-se da experiência de quem produz caminhões e ônibus na China há 60 anos e é o maior exportador local de caminhões há quinze anos.