JAC T5 desvaloriza menos que Duster e EcoSport

Notícias

13/06/2017
JAC T5 desvaloriza menos que Duster e EcoSport

Mesmo com reputação ruim dos chineses, modelo surpreende, com depreciação semelhante à do HR-V


A desvalorização do veículo continua a ser uma questão importante para o brasileiro, especialmente para quem compra um carro zero-km. Os chineses, que são relativamente novos no mercado de carros do País, costumam ter depreciação alta.

Um JAC J5, por exemplo, perde 21% de valor no primeiro ano (o novo custa R$ 57.990; o valor do modelo 2016 é de R$ 45.777). Porém, o utilitário-esportivo (SUV) T5, também da JAC, é uma surpresa.

A desvalorização do modelo no primeiro ano é de apenas 13%, um índice melhor que o de alguns concorrentes renomados. O T5 novo custa R$ 66.490, ante os R$ 57.595 do modelo 2016 – conforme dados da tabela do Jornal do Carro.

Já as versões mais vendidas de EcoSport (Freestyle 1.6 manual) e Duster (Dynamique 1.6 manual) desvalorizam, no primeiro ano, 22% e 26%, respectivamente.

O preço do Ford novo é de R$ 80.300 e o do modelo 2016, R$ 62.911 (também conforme a tabela do Jornal do Carro). Para o Renault, os valores são de R$ 73.490 e R$ 54.090, respectivamente.

No caso do EcoSport, a desvalorização tende a ficar ainda mais forte no próximo mês, já que a Ford acabou de apresentar o modelo com uma forte atualização, incluindo novos motores e câmbios.

A estreia ocorre no Salão Internacional de Buenos Aires, que termina no dia 20 de junho. O carro renovado chega às lojas do Brasil em agosto.

O T5 tem desvalorização semelhante, no primeiro ano, à do líder do segmento de SUVs compactos. O modelo 2016 do Honda HR-V, na versão mais vendida (EXL), registra depreciação de 14% ante o carro zero-km.